domingo, 18 de outubro de 2009

FULÔ-CORDEL NA PRIMAVERA DOS LIVROS

NO MÊS PASSADO TIVEMOS A LITERATURA INCLUÍDA NO "DIA MUNDIAL SEM CARRO". AGORA É A VEZ DA PRIMAVERA...
"PRIMAVERA COM LITERATURA DE CORDEL, OU LITERATURA DE CORDEL COM PRIMAVERA?!"

“FULÔ-CORDEL” NA PRIMAVERA DOS LIVROS

(MARCUS LUCENNA)

QUANDO LEMOS UM BOM LIVRO
PERCEBEMOS O VALOR
DAS INFORMAÇÕES PLANTADAS
ALI PELO SEU AUTOR
SÃO AS FLORES CULTIVADAS
NO JARDIM DO ESCRITOR

A PRIMAVERA DOS LIVROS
É A GRANDE FLORAÇÃO
POLENIZADAS DE IDÉIAS
SEMENTES EM GESTAÇÃO
SÃO COMO FLORES PLANTADAS
NA NOSSA IMAGINAÇÃO

DA COMPLETA INTERAÇÃO
ENTRE QUEM ESCREVE E LÊ
FAZEM-SE FLORES-PALAVRAS
NO JARDIM DO ABC
SURGINDO UMA PRIMAVERA
QUE SOMENTE O LEITOR VÊ

PORQUE OS LIVROS SÃO FLORES
DE AMOR, PAZ E POESIA
O LIVRO É AMIGO CERTO
MESTRE COM SABEDORIA
QUEM LÊ COM CERTEZA ENCONTRA
UM CAMINHO, A LUZ, UM GUIA

A PRIMAVERA DOS LIVROS
DENTRE SUAS MUITAS FLORES
NESTE RIO DE JANEIRO
CHEIO DE BELEZA E CORES
TRÁS O CORDEL COMO TEMA
DANDO A ELE MIL LOUVORES

SALVE ENTÃO OS ESCRITORES
OS EDITORES TAMBÉM
JANDIRA, QUE A CULTURA
DO RIO TRATA TÃO BEM
NA PRIMAVERA DOS LIVROS
TER CORDEL É NOTA CEM

Nenhum comentário: